Inscreva-se em nossa newsletter

Receba novos materiais diretamente por e-mail.

CPRE

CPRE:

Entenda como o procedimento pode ajudar na saúde do fígado e pâncreas

Se você já ouviu falar sobre CPRE, ou Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscópica, mas ainda está meio perdido(a) sobre o que é, não se preocupe! Estamos aqui para desvendar esse procedimento, explicando de forma simples como ele ajuda na avaliação e tratamento de problemas nos canais de drenagem do fígado e do pâncreas.

O que é CPRE?

A CPRE é um procedimento médico avançado que auxilia no diagnóstico e tratamento de lesões nos ductos pancreáticos e biliares. Esses ductos são como “tubos” que carregam fluidos importantes produzidos pelo fígado e pâncreas. Quando algo não vai bem com eles, podem surgir sintomas como icterícia (olhos e pele amarelada), dor abdominal, febre e alterações nas enzimas hepáticas e pancreáticas.

Como funciona a CPRE?

A CPRE é feita com a ajuda de um instrumento chamado endoscópio. Esse endoscópio é especializado e permite a introdução de um tubo fino, chamado cateter, pelos canais na segunda parte do intestino delgado, conhecida como papila duodenal ou de Vater. Através deste cateter, é injetado um contraste radiopaco, que é um tipo de líquido que aparece claramente nas radiografias. Isso possibilita aos médicos avaliarem como estão os ductos e se há algum problema.

Por que a CPRE é importante?

A CPRE ajuda os médicos a entender o que está acontecendo nos ductos do fígado e pâncreas. Pode revelar a presença de cálculos, tumores, cistos, inflamações e outros problemas que podem estar causando os sintomas mencionados.

O que mais a CPRE pode fazer?

Além de diagnosticar, a CPRE também pode ser usada para tratar alguns desses problemas. Se um médico encontrar algo durante o exame, ele pode realizar procedimentos adicionais, como papilotomia (abertura da papila), retirada de cálculos, dilatação de estreitamentos e até mesmo a drenagem de líquidos usando próteses.

Como é feito o procedimento?

A CPRE é realizada com anestesia geral ou sedação, ou seja, você estará “dormindo” durante o procedimento. Embora seja seguro, é essencial que a equipe médica seja treinada e experiente em Endoscopia.

Em resumo, a CPRE é um procedimento que pode ser vital para entender e tratar problemas nos ductos do fígado e pâncreas. Se você ou alguém que conhece está enfrentando sintomas preocupantes, consulte um especialista para obter conselhos e, se necessário, considere a CPRE como parte do caminho para uma saúde melhor.

Lembre-se, sua saúde é valiosa, e conhecimento é o primeiro passo para o cuidado adequado!

Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscópica. Disponível em: <https://www.sobed.org.br/geral/orientacao-ao-paciente/exames/colangiopancreatografia-retrograda-endoscopica/>. Acesso em: 22 jan. 2024.

Thaynara Ferreira

Thaynara Ferreira

Analista de Inbound Marketing e Eventos